Início » Sergio Camargo, Presidente da Fundação dos Palmares é investigado por assédio moral.

Sergio Camargo, Presidente da Fundação dos Palmares é investigado por assédio moral.

Foi aberta uma investigação para apuração das denúncias de supostos assédios morais. A acusação partiu de servidores e ex-funcionários da Fundação Cultural Palmares.

A Vara do Trabalho de Brasília, recebeu um ofício, para que o Ministério Público do Trabalho, ouça dez funcionários, para saber mais detalhes sobre o caso.

Segundo relatores entregues ao MPT, O Presidente Sérgio Camargo “estaria praticando perseguição ideológica a trabalhadores da Fundação que tenham opiniões e posições políticas e ideológicas distintas das suas, caracterizando possível prática de assedio moral.”

O portal de notícias G1, Entrou em contato com a Fundação, mas até o momento da publicação da matéria, não obteve retorno. Entretanto, Sergio Camargo se manifestou em suas redes socias.

“Exonero esquerdistas. Nomeio direitistas. Desaparelhar o órgão é meu dever. Nomear em cargos de confiança é minha prerrogativa”,

Sergio Camargo


Pedidos de demissões

Segundo informações do portal G1. Nesta última quinta-feira (11). Os gestores da Fundação Palmares, após pedirem demissão, apontaram, por intermédio de uma carta, Interferências de pessoas que não fazem parte do órgão nas decisões da presidência.

O documento já faz parte da investigação do MPT.



Veja Mais!
Fonte: G1

Compartilhe rápido por aqui:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Encantos do Nordeste

© 2021