Início » Dicas de remédios naturais e alimentação para combater o Corrimento Vaginal

Dicas de remédios naturais e alimentação para combater o Corrimento Vaginal

O corrimento vaginal é uma mistura de fluidos e nem sempre é sinal de doença. Algumas das causas comuns incluem menstruação, relações sexuais ou certos métodos higiênicos, como ducha vaginal e bidês.

Ele pode ser tratado naturalmente, por meio da preparação e utilização de remédios caseiros e também através de uma alimentação mais adequada, já que esses métodos ajudam a flora vaginal a voltar ao normal.

Aprenda agora a receita de 2 remédios naturais que combatem o corrimento vaginal e, logo em seguida, confira algumas dicas de alimentação:

Receita do Chá de Goiabeira e Vassourinha-Doce

Ingredientes:

1 punhado de folhas de goiabeira

1 punhado de folhas de vassourinha-doce

2 copos de água

Modo de Preparo:

Coloque as folhas de goiabeira e de vassourinha-doce em um recipiente e adicione água fervida. Em seguida, tampe, deixe esfriar e coe.

Aplicação:

Faça a higiene íntima normalmente e, quando acabar, lave o local com a infusão durante alguns minutos. Seque com um pano limpo e macio. Repita a lavagem todos os dias antes de ir deitar, durante 1 semana.

Receita do Chá de Goiabeira

Ingredientes:

30 g de folhas de goiabeira

1 litro de água

Modo de Preparo:

Ferva a água, desligue o fogo e depois acrescente a erva. Abafe durante 3 a 5 minutos. Depois, coe e faça um banho de assento com esse chá, lavando cuidadosamente toda a região genital. Repita esse procedimento de 2 a 3 vezes ao dia.

Atenção: o banho de assento feito com as folhas de goiabeira é eficaz no tratamento do corrimento causado por Tricomoníase e Candidíase. Além disso, o remédio caseiro é seguro e não causa efeitos colaterais, nem possui contraindicações.

Dicas de Alimentação

Para o tratamento do corrimento vaginal, deve-se evitar os alimentos industrializados e investir no consumo de alimentos mais saudáveis, pois estes facilitam o reequilíbrio da flora intestinal ao alterar o pH sanguíneo e da região íntima feminina. Portanto, coma mais frutas, legumes e verduras, iogurte natural, chicória, couve, limão, melão ou romã.

Recomendações

– Se o corrimento persistir, após 3 dias de tratamento, o aconselhado é procurar um(a) ginecologista;

– É imprescindível o uso da camisinha em todas as relações sexuais para evitar a transmissão de infecções sexualmente transmissíveis (IST’s).

As informações contidas nesse site referem-se a tratamentos caseiros e não substituem os tratamentos indicados por um especialista. Consulte sempre seu médico.

Veja Mais!

Fonte: Saúde Natureza

Compartilhe rápido por aqui:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Encantos do Nordeste

© 2021