Início » Conheça algumas causas da Prisão de Ventre

Conheça algumas causas da Prisão de Ventre

A obstipação ou constipação intestinal, popularmente conhecida como prisão de ventre, é caracterizada por defecações pouco frequentes ou de difícil passagem, já que, por conta dessa condição, as fezes apresentam-se duras e secas.

Para o diagnóstico da prisão de ventre, é essencial definir se ele é um problema pontual, se é causado por uma situação temporária, ou se é um problema de saúde que incomoda há mais tempo.

Existem alguns alimentos naturais que podem ser muito eficazes para o alívio da prisão de ventre. Confira alguns:

– Sementes de chia;

– Sementes de linhaça;

– Uva-passa;

– Kiwi;

– Maçã com casca;

– Psyllium;

– Agar agar.

Fatores que causam a Prisão de Ventre

Nervosismo e Estresse

Quando passamos por algum momento de nervosismo ou estresse que abalam o nosso emocional, o sistema nervoso se altera e isso afeta de forma negativa o funcionamento geral do nosso organismo. Nessa situação, a melhor solução não é a ingestão de laxantes, mas sim tentar equilibrar o sistema nervoso. Confira as seguintes dicas que podem ajudar:

– Alimentação variada, rica em frutas e vegetais crus, alimentos integrais e gorduras de boa qualidade (abacate, oleaginosas, sementes, azeite de oliva, óleo de coco, etc.);

– Suplementos que ajudam a equilibrar o sistema nervoso: levedura de cerveja, gérmen de trigo, pólen, spirulina, magnésio;

– Plantas medicinais relaxantes: melissa, passiflora, valeriana, tília;

– Terapias e exercícios relaxantes, massagens, ioga, tai chi, alongamentos, danças, etc.

Falta de Proteína

Uma alimentação com alto teor de carboidratos e pobre em proteína pode ser uma das causas da prisão de ventre, mesmo que haja a ingestão de fibras. Esse pode ser um problema para as pessoas que são vegetarianas ou veganas e que não seguem uma dieta equilibrada. Dessa forma, a ingestão de leguminosas, oleaginosas, sementes, abacate e cereais integrais, por exemplo, é uma excelente opção.

Excesso de Carne

Por outro lado, as dietas que possuem um alto teor de carnes e embutidos também favorecem a prisão de ventre, especialmente se houver o consumo de gorduras de má qualidade (frituras, alimentos pré-cozidos, entre outros) e pouca fibra vegetal. Como a carne já é rica em gorduras (carne vermelha, embutidos), ela pode casar uma inflamação no intestino.

Desidratação Permanente

A baixa ingestão de água causa consequências graves para a saúde, podendo ocasionar o surgimento de muitos transtornos, como, por exemplo, a prisão de ventre. Quando as fezes possuem as formas de pequenas bolas, é muito provável que a principal causa está na desidratação. Portanto, é preciso beber, no mínimo, de 6 a 8 copos de água por dia.

Nível Alto de Estrogênio

Nas mulheres, os níveis hormonais de estrogênio podem estar relacionados à prisão de ventre crônica.  Nos dias antes da menstruação e inclusive durante o sangramento, se a mulher deixa de ter prisão de ventre, é um sinal de que a causa é hormonal, já que nesse período os níveis de estrogênios são mais baixos. Um dos melhores remédios para regular os níveis de estrogênio é o vitex, que pode ser ingerido como chá ou comprimidos.

Sedentarismo

Passar a maior parte do dia sentado ou não praticar nenhum exercício afeta de forma negativa os movimentos peristálticos do intestino. Dessa forma, a prática de alguma atividade física e a mobilidade regular são extremamente importantes para combater a prisão de ventre e também outras doenças.

Abuso de Laxantes e Medicamentos

A flora bacteriana do intestino é altamente delicada e, por conta disso, alguns medicamentos e laxantes podem destruí-la ou alterar completamente o seu funcionamento. Portanto, esses medicamentos devem ser substituídos por alternativas naturais, sempre que possível. Também é importante o uso de suplementos (durante um período de tempo) para a regeneração da flora intestinal.

Problemas no Fígado

Quando o fígado não está funcionando corretamente, seja por alguma doença hepática, ou por algum excesso de toxinas no organismo, os sais biliares deficientes impedem o bom funcionamento do intestino. O mais conveniente é fazer uma desintoxicação periodicamente, mas alguns remédios como o cardo mariano, boldo, alcachofra e o suco de limão com azeite de oliva (em jejum) também são eficientes para combater esse problema.

As informações contidas nesse site não substituem as orientações de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Veja Mais!

Fonte: Saúde Natureza

Compartilhe rápido por aqui:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Encantos do Nordeste

© 2021