Início » Conheça os sinais que podem indicar que você possui intolerância ao Glúten

Conheça os sinais que podem indicar que você possui intolerância ao Glúten

O glúten é uma proteína presente em cereais como trigo, centeio ou cevada e que garante a elasticidade na receita de diversos alimentos, como o pão, por exemplo.

A intolerância ao glúten está relacionada ao fato de que algumas pessoas não conseguem digerir corretamente essa proteína. Esse é um problema muito comum, já que existem mais de 50 doenças que estão ligadas a essa condição.

A falta de sintomas contundentes e o pouco conhecimento acerca desse assunto são dois fatores que dificultam a sua detecção. Por conta disso, hoje vamos compartilhar alguns sinais que podem indicar que é preciso retirar o glúten da sua dieta. Conheça-os a seguir:

Problemas Gastrointestinais

Os transtornos digestivos e intestinais são um dos sintomas mais comuns da intolerância ao glúten. Após ingerir alimentos que contêm essa proteína, é comum que a pessoa sinta incômodos como:

– Distensão abdominal;

– Diarreia ou prisão de ventre;

– Gases;

– Dor abdominal;

– Disquesia;

– Síndrome do intestino irritável.

Fadiga

Algumas pessoas se sentem cansadas e com dificuldades para se concentrar após consumir trigo ou qualquer outro grão que contenha glúten. Por isso, a contínua sensação de fadiga e fraqueza pode estar indicando que é preciso uma mudança nos hábitos alimentares.

Dores de Cabeça

A intolerância ao glúten causa um desequilíbrio nos processos inflamatórios do corpo e isso pode afetar a função do sistema nervoso. Como consequência, ocorrem uma série de reações, entre as quais se destacam as constantes dores de cabeça e enxaqueca.

Problemas nas Articulações

A ingestão de glúten pode provocar um aumento significativo no aparecimento de inflamações no corpo e isso causa reações muito prejudiciais. Algumas das consequências mais preocupantes são os inchaços e as dores nas articulações, sendo que as áreas mais afetadas são as mãos e os joelhos.

Queratose Pilar

A queratose pilar é um transtorno cutâneo caracterizado pelo surgimento de pequenas e duras “bolinhas” queratinizadas. Esta condição se deve à pouca absorção de vitamina A e dos ácidos graxos essenciais, que é consequência dos danos intestinais devido à exposição prolongada ao glúten.

Fibromialgia

Caracterizada pela rigidez nos músculos e nas articulações, a fibromialgia, diferentemente de outras condições, causa constantes episódios de dor, cuja origem não está definida. Apesar de estar relacionada a muitos fatores, acredita-se que a eliminação do glúten do plano alimentar pode ajudar no controle dos sintomas.

Sintomas Neurológicos

A intolerância ao glúten pode causar uma inflamação no sistema nervoso, assim como o enfraquecimento do sistema imunológico. Dessa forma, há o surgimento de sintomas como a vertigem e a sensação de formigamento.

Doenças Autoimunes

A exposição constante ao glúten aumenta o risco do desenvolvimento de doenças autoimunes, que podem gerar transtornos graves, tais como:

– Psoríase;

– Colite ulcerativa;

– Esclerodermia;

– Lúpus;

– Artrite reumatoide;

– Esclerose;

– Tireoidite de Hashimoto.

Problemas de Conduta

A eliminação do glúten na dieta pode reduzir os sintomas como a ansiedade, depressão, o transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), o estresse e a irritabilidade.

Os sintomas da intolerância ao glúten costumam variar em cada caso e, dessa forma, é muito fácil confundi-la com outros transtornos. Portanto, o mais conveniente é consultar um médico.

As informações contidas nesse site não substituem as orientações de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Veja Mais!

Fonte: Saúde Natureza

Compartilhe rápido por aqui:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Encantos do Nordeste

© 2021