Início » 6 fatores que podem provocar as terríveis câimbras

6 fatores que podem provocar as terríveis câimbras

As câimbras produzem uma sensação de dor que podem variar de dor leve para uma dor mais intensa. Uma das principais características é que ela impede instantaneamente o relaxamento muscular, o que faz com que o músculo se torne rígido e tenso.

As dores ocorrem esporadicamente e, na maioria das vezes, não representam algo muito grave. No entanto, em alguns casos podem indicar outros problemas que merecem mais atenção.

Dessa forma, se elas se tornarem recorrentes, o melhor a se fazer é procurar um especialista para maiores investigações sobre as possíveis causas. Possivelmente elas podem estar sendo geradas por alguns fatores que afetam o organismo, como vamos mostrar a seguir:

Circulação Sanguínea

Uma das causas das câimbras musculares são os distúrbios que afetam a circulação sanguínea. Os músculos dependem de uma boa circulação para receber o oxigênio que precisam para seu funcionamento, no entanto, se os vasos sanguíneos não conseguem transportá-lo, as células musculares não processam seus impulsos e o resultado disso, são as fortes contrações. É necessário encontrar a causa da má circulação e, com base nisso, realizar o tratamento indicado por um especialista que fará com que as câimbras desapareçam.

Deficiência Mineral

A deficiência de magnésio é uma das principais causas das incômodas câimbras, porém, a falta desse mineral não é o único fator. Em geral, os músculos podem sofrer com esse problema devido a uma baixa concentração de eletrólitos decorrentes do desequilíbrio de potássio, cálcio e sódio.

Essa condição é muito comum entre atletas e pessoas expostas às atividades físicas de alta intensidade, porque, através do suor, essas substâncias são eliminadas.

Portanto, o consumo desses nutrientes deve ser aumentado, seja por meio de frutas, vegetais ou qualquer alimento saudável que os contenha. Além disso, é essencial consumir bebidas isotônicas, principalmente após o treinamento.

Desidratação

A perda de fluidos devido à transpiração, bem como o baixo consumo de água, pode desencadear as câimbras. Dessa forma, elas são mais recorrentes em climas quentes ou meses de verão.

A desidratação sensibiliza as terminações nervosas e desencadeia contrações em diferentes grupos musculares do corpo. Para evitar isso, recomenda-se o consumo de 6 a 8 copos de água por dia. Além disso, chás, sucos naturais ou frutas ricas em água também são aconselháveis.

Sobrecarga Física

Uma maratona ou até mesmo um treino de alta intensidade podem causar câimbras nas pernas, pois o excesso de atividade física provoca exaustão nos músculos. Dessa forma, as células musculares ficam mais fragilizadas e não processam os sinais eletrônicos que recebem corretamente.

Para evitar isso, é essencial adotar planos de treinamento específicos para a capacidade física de cada um. Além disso, os exercícios de aquecimento e alongamento são extremamente importantes antes e depois dos exercícios.

Temperaturas Frias

Os climas mais frios ou uma queda repentina na temperatura são fatores que podem ocasionar uma forte tensão dos músculos. Felizmente, este tipo de câimbra é menos comum e pode ser evitado com medidas que mantenham o calor corporal em níveis estáveis.

Motivos Anatômicos e Médicos

Por serem muito comuns, muitas pessoas nem imaginam que as câimbras são causadas por problemas anatômicos e médicos. Eles devem ser avaliados por especialistas. As causas incluem:

– Desalinhamentos das pernas, quadris ou tronco;

– Lesões nos nervos;

– Vasos entupidos;

– Distúrbios metabólicos, como diabetes, hipotireoidismo e hipoglicemia;

– Doenças neurológicas, como Parkinson, doenças do neurônio motor ou doenças primárias dos músculos (miopatias);

– Insuficiência venosa e varizes;

– Cirrose hepática;

– Efeitos colaterais de alguns medicamentos.

As informações contidas nesse site não substituem as orientações de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Veja Mais!

Grupo: Gazeta Sul Bahia

Compartilhe rápido por aqui:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Encantos do Nordeste

© 2021