Início » Descubra quais são as 10 melhores plantas para o combate da gripe, virose e inflamações na garganta

Descubra quais são as 10 melhores plantas para o combate da gripe, virose e inflamações na garganta

A boa alimentação é uma das melhores opções para combater as ameaças de microrganismos patogênicos, como os vírus, bactérias e parasitas. Com a melhoria na nutrição, ou seja, dando preferência aos alimentos frescos e às frutas e verduras, há a redução das interferências de ordem alimentar no sistema imunológico.

Para a perfeita alimentação, muitas vezes é útil associar suplementos à base de minerais (selênio, zinco), vitaminas (A, C e E) e ervas específicas, tais como equinácea, alho, ginseng, alcaçuz e cúrcuma para dar suporte ao sistema imunológico.

Dessa forma, há o incremento de absorção de vitaminas e minerais indispensáveis para a correta ativação das defesas do organismo. Confira a lista das 10 plantas que são eficientes para o combate da gripe, virose e infamações na garganta. Todas elas podem ser encontradas em lojas de produtos naturais.

Alcaçuz

A raiz do alcaçuz promove o suporte ao sistema imunológico e inibe diretamente diversos tipos de vírus. Ela reduz as irritações da garganta, a congestão pulmonar e ainda é usada para o alívio da tosse e problemas dos brônquios.

Além disso, o alcaçuz também protege o estômago, sendo considerado um excelente remédio para as inflamações gástricas. Ele é uma das ervas mais receitadas na Europa para o tratamento da gripe e de resfriados.

Alho

O alho é um poderoso remédio para tratar as infecções, inclusive aquelas do aparelho respiratório. Ele combate a proliferação das bactérias e vírus, sendo muito eficaz para o resfriado, a gripe, as infecções de ouvido e ainda ajuda na redução do muco.

Esse alimento pode ser consumido junto com antibióticos para dar suporte às suas ações e é, geralmente indicado para tratar a tosse persistente e bronquite. Por conter vitaminas A, C e E, o alho reforça o sistema imunológico.

Equinácea

Essa planta herbácea ativa o sistema imunológico contra as infecções, sejam bacterianas ou virais. Trata-se de um antibiótico natural que funciona melhor quando é consumido desde os primeiros sintomas.

Ginseng

O ginseng é uma poderosa raiz adaptável que reequilibra o organismo, auxiliando a saúde física e mental, pois combate diversas doenças e elimina o estresse. Além disso, ele aumenta a função imunológica do corpo e potencializa a energia e o vigor.

Anis-Estrelado

O anis-estrelado serve de matéria-prima para a fabricação do medicamento antiviral Tamiflu. Ele possui ações expectorante, espasmódica, carminativa, estomática e antisséptica, sendo indicado contra a falta de apetite, gastrite, enterite, flatulência, espamos gastrintestinais, tosse e bronquite.

Atenção: o uso em excesso é prejudicial à saúde.

Açafrão-da-terra/Cúrcuma

A cúrcuma (açafrão-da-terra) é considerada por muitas pessoas o alimento que possui a melhor atividade antibiótica, por conta disso, ela é totalmente eficaz para combater as dores de garganta e diversas outras infecções. Consuma cúrcuma – se possível, combinada com pimenta-do-reino – e sentirá uma maior resistência do seu corpo.

Cebola

Graças à sua elevada percentagem de enxofre e flavonoides, a cebola possui a capacidade de combater os problemas respiratórios, tais como a gripe, bronquite e faringite.

Gengibre

O gengibre é muito potente para combater infecções e para o alívio das dores de garganta. Você pode consumi-lo através do chá ou adicionado em sucos.

Alecrim

O alecrim possui uma intensa atividade bactericida, além de propriedades antivirais, por isso, ele é considerado um potente antibiótico natural. O chá de alecrim ajuda a combater os germes que podem invadir o organismo e causar infecções.

Canela

Os óleos essenciais da canela são poderosos no combate a vírus, bactérias e fungos. Existem diversas formas de consumo desse alimento, como em chás, frutas e sucos.  A canela proporciona uma forte proteção contra infecções.

Atenção: ela é contraindicada para as pessoas com pressão alta e o seu consumo também deve ser evitado durante a gravidez.

As informações contidas nesse site referem-se à tratamentos caseiros e não substituem os tratamentos indicados por um especialista. Consulte sempre seu médico.

Veja Mais!

Grupo: Gazeta Sul Bahia

Compartilhe rápido por aqui:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Encantos do Nordeste

© 2021