Início » 10 sinais de alerta que podem indicar diabetes

10 sinais de alerta que podem indicar diabetes

Considerada como uma “assassina silenciosa”, a diabetes faz parte do grupo de doenças metabólicas e é assim classificada porque, na maioria das vezes, se desenvolve sem sintomas aparentes.

Ela é caracterizada pelo aumento nos níveis de glicose no sangue e, como consequência desse processo, há a redução na qualidade de vida, já que ela proporciona o aumento do risco de danos cardiovasculares e neurológicos.

Muitos indivíduos que possuem essa doença ignoram os sinais de alerta, já que estes se confundem com os sintomas de outras doenças. Estima-se que um de cada três afetados nem sequer sabem que possuem diabetes, o que aumenta o risco de complicações. Isso é muito preocupante.

Dessa forma, é importante conhecer as primeiras manifestações da diabetes. Por isso, nesse post mostraremos os 10 sinais que podem indicar a presença dessa doença.

Necessidade frequente de urinar

A micção frequente pode surgir devido a alguma infecção do sistema urinário ou pelo consumo excessivo de líquidos. No entanto, se as causas não forem estas, a necessidade de esvaziar a bexiga pode estar relacionada com a diabetes. Isso se deve ao fato de que os rins começam a trabalhar mais para se desfazerem do excesso de açúcar através da urina.

Sensação de sede

Este sintoma está interligado com o efeito anterior. Como o organismo perde uma quantidade maior de líquido, os sistemas do corpo passam a trabalhar em sua reposição e manifestam isso a partir da contínua sensação de sede.

Desejo insaciável de comer

A ansiedade pela comida pode surgir devidos aos dois extremos dos níveis de glicose no sangue: a hipoglicemia e a hiperglicemia. Isso decorre do fato de que as células enviam sinais ao cérebro para indicar que o corpo não possui a quantidade adequada de açúcar.

Boca seca

A boca seca é algo muito desagradável e pode acabar ocultando os problemas de saúde graves. O excesso de ressecamento da boca não é apenas um sinal de desidratação, como também pode ser um alerta para a diabetes tipo 2. Essa alteração cria um cultivo para as bactérias e aumenta o risco de problemas nas gengivas e nos dentes.

Cansaço excessivo

O cansaço excessivo ou fadiga crônica é um sintoma que não deve ser ignorado. Embora seja normal senti-la após a realização de algum esforço físico exagerado, ela pode surgir quando o corpo tenta compensar a falta de glicose nas células. Isso se agrava um pouco mais quando a urgência de urinar interrompe as noites de sono e impede a pessoa de dormir adequadamente.

Problemas de visão

Os olhos são um dos órgãos que mais sofrem as consequências da diabetes, já que os níveis elevados de açúcar no sangue fazem com que a visão fique mais borrada. Em alguns casos, surgem flashes de luz e a visão fica mais distorcida, causando muito incômodo. O pior é que, se não houver um controle da diabetes, isso pode provocar a perda total da visão ou do desenvolvimento de doenças irreversíveis.

Infecções

As infecções costumam aparecer porque as bactérias, vírus e fungos têm mais capacidade de crescer em ambientes com altos índices de glicose. A cândida vaginal, os fungos cutâneos e as infecções bacterianas do trato urinário são sintomas comuns dos pacientes com diabetes.

Dormência e formigamento das extremidades

Estes sintomas são decorrentes dos danos nos nervos causados pela diabetes. A dormência e o formigamento das extremidades podem ocorrer de forma recorrente e são acompanhadas por uma sensação de dor e inflamação. Se o problema não for controlado a tempo, pode haver transtornos mais graves e permanentes.

Perda ou ganho de peso sem motivo aparente

A perda ou o ganho de peso inexplicáveis podem surgir pela incapacidade de utilizar a insulina por causa da diabetes. Dessa forma, o corpo começa a utilizar as proteínas dos músculos para obter energia, causando a perda de peso. Por outro lado, ela também pode gerar uma reação contrária, aumentando o desejo de comer alimentos mais açucarados e causando o ganho de peso.

Dificuldade de cicatrização

A diabetes causa danos nos vasos sanguíneos e isso faz com que haja dificuldade no processo adequado de cicatrização e alívio de pequenas lesões e cortes. O excesso de açúcar danifica as veias e as artérias, diminuindo, assim, a sua capacidade de transportar o sangue até as células que reparam estas alterações.

Além da maior atenção aos sinais citados, é importante lembrar que a diabetes tipo 2 pode ser prevenida por meio da adoção de um estilo de vida mais saudável. Portanto, evite o excesso de peso, cigarro, sedentarismo e a ingestão de gorduras, açúcares e alimentos processados.

As informações contidas nesse site referem-se à tratamentos caseiros e não substituem os tratamentos indicados por um especialista. Consulte sempre seu médico.

Veja Mais!

Grupo: Gazeta Sul Bahia

Compartilhe rápido por aqui:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Encantos do Nordeste

© 2021