Início » O grande perigo das Cebolas para os animais

O grande perigo das Cebolas para os animais

A cebola é um dos alimentos mais utilizados na cozinha e possui muitos benefícios para a saúde. Nesse post, vamos te esclarecer sobre o risco da cebola.

Diferentemente do que muitos acreditam ou do que circula pela internet, não há indícios ou pesquisas que comprovem que as cebolas são “imãs” para bactérias ou que atraiam as bactérias para a casa.

No entanto, a cebola pode ser contaminada por diversas bactérias e fungos, sendo na maioria, micro-organismos muito nocivos para os pulmões. Dessa forma, não é recomendado guardar o restante de uma cebola, que foi cortada, para utilizá-la no outro dia.

Além disso, não se deve deixá-las sem o acondicionamento adequado. Para isso, é necessário manter as cebolas sempre refrigeradas e guardadas de maneira correta.

Perigo para os cães

O grande perigo das cebolas está no fato de que elas são altamente tóxicas para os cachorros. Um dos compostos da cebola é o tiossulfato e os cães não possuem a enzima para metabolizar essa substância de maneira eficiente.

A ingestão da cebola pelos cachorros causa anemia, pois ao comer esse alimento, a hemoglobina dos cães se transforma em metemoglobina – processo denominado de metahemoglobinemia.

O nível de intoxicação depende de dois fatores: quantidade de cebola ingerida e o tamanho dos cães. Os cachorros menores se intoxicam com uma quantidade menor de cebola, já os maiores, se ingerir a mesma quantidade dos menores, podem apresentar sintomas mais leves ou, até mesmo, não apresentar sintoma algum.

É necessária sempre a atenção, pois a intoxicação pode apresentar um quadro reversível, ao mesmo tempo que também pode ser fatal. Portanto, mantenha as cebolas afastadas do seu animal de estimação.

Veja Mais!

Grupo: Gazeta Sul Bahia

Compartilhe rápido por aqui:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Encantos do Nordeste

© 2021